Domingo, 4 de Maio de 2008

Nuno Markl vai dançar em horário nobre

Quem o viu recentemente no Dança Comigo jamais apagará da memória um verdadeiro espectáculo de descoordenação motora. Apesar da tentativa de dançar com a determinação, o estilo, a elegância e a graciosidade de um simples bailarino amador, Nuno Markl mais parecia um "bloco de cimento". No entanto, ainda não refeito da experiência, confessou ao DN que vai voltar a dançar. Desta vez nos Contemporâneos, programa de humor que se estreia, domingo, às 21.30, na RTP1. "Vou dançar uma dança que não tem definição. Se ninguém gritasse 'corta' [na filmagem do sketch], ficava ali a dançar aquela coisa. É a segunda vez em horário nobre que danço", disse.

Mas a sua participação como actor estende-se ao "boneco" de si próprio e de figurante. "Faço também um professor e um condutor com um penteado ridículo que diz umas coisas que ninguém entende", adianta.

Relativamente às suas expectativas sobre a série enquanto autor, revela ter a "ambição de ser original a cada minuto". "Como nesta área está tudo inventado, temos de ir dando as coisas de forma inovadora", explica, acrescentando ser sua ambição que "as pessoas o reconheçam e se riam do disparate".

Instado a comentar o facto de haver concorrência noutros canais, nomeadamente dos Gato Fedorento da SIC, Nuno Markl responde: "Não estamos com stress, pois estamos na onda de fazer o melhor, o mais divertido e fiel que acreditamos." "Se será um êxito ou fiasco, não sei, mas do que já vimos estamos orgulhosos", acrescenta, salientando o cuidado estético da produtora Até ao Fim do Mundo, que "está a fazer quase cinema".

Apesar de guardar algum segredo sobre os objectos da crítica, o argumentista lá foi dizendo que serão os partidos, PSD, cromos nacionais, como Alberto João Jardim, por exemplo. E "vamos ter um emplasto, o Eduardo Madeira, que faz de comentador musical", diz lançando um último desejo: "Chegar ao 5.º programa e não ao 3.º, como aconteceu no Sexta à Noite, com José Carlos Malato, com quem "ficou tudo bem", assegura.

Também guardiã da surpresa para estreia esteve Maria Rueff, que definiu os Contemporâneos como "um programa forte na linguagem e nos gestos". "Pomo-nos bastante em causa. Nada é previsível, fazemos a senhora da rua normal, a porteira... É uma espécie de caricatura social e política, a nível global." Haverá tiques, "tudo o que faz parte das nossas vidas no quotidiano", diz, apontando o objectivo de "atingir o maior número de pessoas possível".

Elogia Nuno Lopes, com que já trabalhou anteriormente, referindo que "na comédia, além da técnica, é preciso ter talento, é algo que tem de nascer connosco, uma espécie de 7.º sentido". E o actor retribui o elogio. "Gosto muito de me dar com a Maria [Rueff] (riso)". Recorda que não fazia humor há algum tempo - desde o Programa da Maria, Herman e Paraíso Filmes -, porque esteve nos Estados Unidos, depois foi uma novela no Brasil. "Não quis fazer outros projectos que entretanto apareceram", disse, acrescentando que "agora é com as pessoas certas, sobretudo com Maria Rueff, e com um grupo de realização que dá toda uma nova roupagem a isto".

Também Gonçalo Waddington se diz feliz com o projecto. "Basta ir atrás deles", diz, confessando ser este um registo completamente novo, "embora a linguagem do humor seja utilizada noutros trabalhos". E, explica, "nos trabalhos pesados, há um grande número de situações que obrigam a estar disponível desta maneira". Depois, inventamos muito enquanto estamos a fazer os sketches. Eu sugiro, todos damos ideias para tudo ficar melhor", conclui.

A "gorda" da série, Carla Vasconcelos, também partilha da alegria no trabalho. "Gosto de todas as personagens porque são muito estimulantes intelectual e fisicamente", diz, adiantando que faz mais teatro do que televisão, nomeadamente Santos da Casa, para a RTP. "Este registo é mais solto, além de que trabalho com a Maria [Rueff], a 'senhora referência'", elogia.
Fonte: DN
Autora: Paula Brito
publicado por Admin às 01:44
link do post | comentar | favorito
|

Novidades

Os Contemporâneos chegara...

Os Contemporaneos - Prime...

Os Contemporâneos das PF

Dinarte Branco em Os Cont...

Gonçalo Waddington em Os ...

Carla Vasconcelos em Os C...

Nuno Markl em Os Contempo...

Maria Rueff em Os Contemp...

Nuno Lopes em Os Contempo...

Bruno Nogueira

Categorias

os contemporâneos

rtp

carla vasconcelos

dinarte branco

gonçalo waddington

maria rueff

nuno lopes

nuno markl

bruno nogueira

eduardo madeira

estreia

sketches

videos promocionais

bastidores de os contemporâneos

cenários reais

primeiro programa

produções fictícias

promos

vídeos

videos de os contemporâneos

todas as tags

Arquivo

Maio 2008

Abril 2008

Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Subscrever feeds